Muito prazer...


Moro em Dubai desde 2007.
Foi paixão a primeira vista...
... tão vibrante, tão calorosa.
Onde tradição e modernidade convivem de forma harmoniosa.
Onde se encontra pessoas vindas de todas as partes.
Onde da areia germina um sonho.

Preciso mostrar a quem quiser descobrir,
esta cidade de tantas facetas, que tantas vezes gerou polêmica.
Mas que por muitas outras deixou sem fôlego...
sem palavras, diante do inimaginável.

Por isso, hoje sou guia de turismo...
E meu prazer tem sido ajudar a quem aqui chega,
a conhecer o que parece ser tão diferente,
a entender que muitas vezes as coisas não são
o que nos fizeram crer que eram.


sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Tarde demais, já caímos em tentação. Amem.

Por Nivea Heluey

N 25 25.30˚ E 55 34.45˚ (*). Este é o endereço do luxo. Definitivamente, o que há, existe por estas bandas. Dubai, Emirados Árabes Unidos. Camelos e Ferraris, Mesquitas e Burj Al Arab, Abbayas e Dolce & Gabbana convivendo harmoniosamente neste caldeirão multiétnico, ironicamente, a Nova Iorque árabe. Mas pelo amor de Alá, não é um luxo para ser comparado. Imagina se vou dizer aqui que Dubai é mais chique que Paris? A sintonia é outra, glamour pós moderno, sem herança barroca ou resquícios de castelos medievais. É muito metal, vidro e luz. Uma dicotomia incrível entre a manutenção de uma tradição milenar e a vontade da novidade, do que é o mais, o melhor, o maior do mundo.
Dificilmente alguém vai conhecer Dubai e simplesmente voltar dizendo “não gostei”. O luxo aqui transcende os limites físicos das rodovias e vitrines de shopping centers. Ele está na receptividade do povo local, no cuidado com os detalhes. Entre as coisas que nunca vi na vida, tipo cabeça de bacalhau, estava limpador de sinal de trânsito. Pois é, aqui, vira e mexe, me deparo com funcionários da prefeitura lustrando os semáforos e outras peças do mobiliário urbano, que estão sempre lindas e reluzentes, parecendo propaganda de detergente. Pontos de ônibus com ar condicionado? Todos são assim... faixa de pedestre em mármore? Já vi. Quer se jogar na noite? Lounge Cavalli. Jantarzinho mais sossegado? Restaurante Armani. Um relax de fim de tarde? Resorts a beira-mar, enfileirados um após o outro disputam a sua escolha. Salão de beleza? Melhor um SPA. Tailandês ou o que você preferir... Falta inspiração para malhar? Na academia só para mulheres, as esteiras ficam de frente para o mar.
Se jóias e pedras preciosas são a sua tentação, imagine mercados de ouro, com joalherias disputando o olhar do cliente criando peças que mais parecem cenográficas... ah, e como não podia deixar de ser, está lá, pra quem quiser ver, o maior anel do mundo. Se resolver levar pra casa uma barrinha de ouro sem ter que bater muita perna, ouvi dizer que existe um caixa eletrônico que vende...
Ok, você não quer ostentar, gosta mesmo de meter a mão na massa e arrasar nas habilidades gastronômicas. Tentação do chef: Spice Souk, o mercado das especiarias. O perfume no ar já vai guiando os visitantes para as lojinhas abarrotadas de sacos, tonéis e caixotes, contendo pinoli, açafrão e temperos exóticos de fazer o Alex Atala ajoelhar.
No trânsito, o luxo chega a parecer brincadeira. Você pára atrás do Porsche e olha para o Jaguar à direita. À esquerda uma Maserati reluzente e pelo retrovisor você vê a estrelinha indefectível que acena pedindo passagem para a Mercedez.
Mas é na moda que a coisa toda chega a ficar perigosa... a abundância de grifes de luxo faz com que a tentação vá crescendo, tomando proporções que você não esperava num lugar onde as mulheres oriundas de famílias tradicionais se anulam sob largas capas de invisibilidade. Louis Vuitton, Chanel, Prada, Marc Jacobs, Carolina Herrera, Kenzo, Stella McCartney, Gucci, Dior. Todas e várias delas. Filiais da tentação espalhadas por shoppings pequenos, médios e grandes. E maiores do mundo, claro. Você vai sucumbir. Mas se não der pra comprar a original, no problem. Tem o Karama e o Dragon Mart e suas centenas de mini lojinhas abarrotadas com quinquilharias inimagináveis made in China. Vai dizer que isso também não é uma tentação? Desejos pessoais são como impressões digitais, cada um com o seu!
(*) Coordenadas do aeroporto internacional de Dubai.

terça-feira, 18 de maio de 2010

Este espaço não foi criado apenas como ferramenta de autopropaganda.
:)
Vamos trocar informações, tirar dúvidas, dar opiniões.
Vou publicar regularmente algumas matérias sobre Dubai e os Emirados Árabes Unidos.
Nos vemos em breve...